domingo, 4 de maio de 2008

Ocorreu no Trem - A Vigança

Daqui a pouco o endereço do blog terá que ser mudado para conspiracaonasupervia, já que esse post relata mais um fato ocorrido num trem - pelo visto, o meio de transporte mais utilizado pelos autores conspirados deste blog.

Desta vez, ninguém foi molestado [graças a Deus!], nem houve acidente algum; o ocorrido foi apenas curioso e bizarro.

Estava eu em um determinado vagão quando, na próxima estação a qual eu embarquei, adentra pela porta mais próxima onde me encontro [claro, justamente no mesmo vagão e próximo a mim] um bêbado transportando uma garrafa de Caninha da Roça e, conseqüentemente, ele não demora e começa a falar alto um monte de merda [não há expressão melhor para definir suas palavras]. A fim de não ser incomodado e evitar possíveis contatos que poderiam acontecer a qualquer momento [bêbados são criaturas chatas], lá fui eu correndo para outro vagão algumas estações à frente.

É, o clímax da história não reside no bêbado, mas sim no exato momento em que chego no novo vagão. Havia um senhor pregando a palavra de Deus e no exato instante da minha chegada, ele diz:

- Sai, Fulano! Sai, Ciclano! Sai, Jefferson!

O_________O

OMG! Nunca usam meu nome em exemplos como esse!

Parecia algum sinal...

Medo
.

6 comentários:

A Vilã disse...

Men-ti-ra!!!
O cara te conhecia. Fale a verdade...

O Lerdo disse...

Isso era uma mensagem de Deus: "Sai, Jefferson! Volte pro vagão do bêbado e salve aquela alma!!!"

O Idiota disse...

A Vilã: é verdade. juro pela sua felicidade. xD

O Lerdo: hAUHAuhauhaUAhuaH LOL

A Pscicopata disse...

Concordo com o Lerdo, vc pode ter perdido sua entrada no céu...

O Idiota disse...

Parem de falar besteira. tô ficando preocupado.

~* pretta disse...

vc tava com alguma etiqueta com o seu nome?

ou então o cara era sensitivo.. !