sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Demonstração pública de afeto

Depois de mais de um mês desde minha última postagem; de três posts de O Lerdo sem comentários meus (sorry ><), resolvi voltar. Mas, de antemão, justifico minha ausência:

1. Sem tempo.
Faculdade não é mole não. Ainda tem inglês, família, gato (animal mesmo, que faz miau miau), amigos, uma vida virtual (que confesso não anda me agradando), leituras e outras coisas, como me manter linda xD
PS antecipado: essas serão sempre minhas desculpas.

2. Nunca sei o que comentar.
Porém, como estou em dívida, posso fazê-lo um pouquinho aqui.
- Post sobre política: estou ainda confusa sobre eleições. Voto em Nova Iguaçu e as opções de escolha não me agradam nem um pouco. Sei que nulo não é solução, mas é tão tentador. *.*

- Post sobre música: não gostava dessas coisas ruins (nem tenho um video que me comprometa para tu veres), logo não tenho "gabarito"para falar nada. huahuahuahuahahua

- Post Cerumano: esse foi o pior. Deixou-me um pouco triste e fez-me refletir. E prefiro guardar para mim, senão esse post será triste demais.


E por que resolvi postar depois de tanta ausência? Para desabafar. Não desabafar de me confessar e chorar minhas pitangas. Isso não. Não sou assim.
Só falar. Falar a esmo. Sobre nada. E por uma completa falta de paciência para fazer um trabalho.
Já percebi que sempre é assim. O blog acaba sendo uma válvula para minha "não vontade" para trabalhos. Que assim seja.

Pois bem, por onde começar... Por hoje.
Hoje fez um calor dos infernos. E minha pessoa adora um calor, né? Imagine como foi para mim. Ainda tive que andar como um burro. Cheguei em casa como? Roupas encharcadas (sem exagero; suei como um porco), bochechas vermelhíssimas, marca de blusa, braços mais morenos do que as pernas, faminta, sedenta. Hoje foi o horror. O HORROR!
E quando abro o Gmail, ainda vem um lerdo com a super idéia (¬¬) de irmos (nós e nossos amigos) à praia. Rá, faz-me rir.

Falando em amigos, ontem fui "visitar" O Idiota (ou Jeff, como ele prefere).E como foi bom! Não fizemos nada demais, mas quando se está com amigos, nada torna-se tudo, não é mesmo?
Mas me bateu uma saudade do restante dos Conspirados. Muita muita muita muita mesmo.
Senti falta das vezes que ficávamos fazendo nada juntos; passeando; na escola; na casa do Leo. Não que tenha sido aquela coisa nostálgica e melancólica como os idosos costumam ter. Foi uma constatação de que eles me fazem falta.
Não que eu tenha percebido isso só ontem. Claro que não!!! rsrsrsrsrs Mas ontem bateu forte. Senti falta como nunca havia sentido. E por mais que eu os veja isoladamente (e sempre sendo muito bom), não é a mesma coisa. Não mesmo. Gosto de todos juntos. E por mais que tenhamos nossos problemas, estar com eles em qualquer situação é válido. Eles são os meus amigos, oras. E ninguém se compara. Ninguém. =D

Antes que tu penses que sou filha de chocadeira ou desnaturada, explico. Amo minha famíla, muito mesmo. Ela é minha base, mas com meus amigos a situação é outra. É outra atmosfera. Tu me entendes que eu sei.
E não tenho nenhuma dúvida, receio, nem emprego algum exagero quando digo que sem eles eu não seria o que sou. Sem eles não sei como eu estaria atualmente.
Sou chata, implicante, impaciente, teimosa, grossa e outros tantos defeitos que me tornam uma pessoa muito difícil de se lidar. Nem sei como eles me aturam xD
Tê-los encontrado foi uma das melhores coisas da minha vida. E faria tudo que tivesse ao meu alcance por eles.

Ai, hoje estou tão assim, falando que gosto muito deles e talz. Eles se acostumarão mal. Melhor parar por aqui. =X

PS: amanhã A Interesseira e eu iremos ao show do Zeca Baleiro. Será muito bom.
E intimo-a a escrever um post comigo. Ai dela se não o fizer. hehehehehe

7 comentários:

Leonardo Freitas disse...

Vai ao show do Zeca Baleiro?
Por que não ir ao show do João Paçoqueiro, han?
:D

Dari disse...

huahuahuahuhauhauhau
grande Freitas!

hein Vilã, legal essa coisa
do 'sobre amigos', passei por um momento nostalgia ontem enquanto tava lendo esse post... nem quis comentar na hora...

seus escritos tb são bem legais!
Adoro a falta de linearidade...

Zeca é show!

CHiP disse...

Tsc.. estava pensando em fazer um post parecido. xD

Beijãozão

A Pscicopata disse...

Q povo mais sentimental.

Suzi ta querendo perder o posto de Vilã???Nem adianta, eu te conheço huahuahuahuahau!!!

O Leo(freitas) mereceria uma resposta sua Suzi,mas naum responda naum ele eh legal!!!huahuahua

jeff disse...

eu ia melar isso ainda mais, mas me abstenho disso no momento. só fico feliz com esse amorzinho todo. =D

O Lerdo disse...

Qual o problema no fato de o blog ser sua válvula de escape?

Bom pra você e pra quem lê seus posts carregados de espontaneidade^^

Tia Jenny disse...

Adorei seu post.
Clima propício a nostalgia.
Q munitinhu!

Falando em clima: calor eh terrível mermo. Ainda mais num dia em q vc tem q atravessar a Carioca e a Uruguaiana debaixo dum sol de rachar cabeça de paraíba, tendo q desviar e ultrapassar pessoas q andam como mulas velhas e preguiçosas no centro da cidade, como se não tivessem mais nada o que fazer.
Q sofrimento!