quarta-feira, 15 de abril de 2009

Era uma vez...

Era uma vez uma menina que percebeu que sua casa estava muito silenciosa, já era noite então resolveu procurar sua família. Percebeu que sua mãe e irmã estavam na rua e seu pai dormindo no quarto, quando ela estava fechando a porta, escutou a voz dele, ainda bastante sonolento, dizer:
- Que cara branca é essa garota? Passou algum creme?
- Não pai meu rosto é assim mesmo. – respondeu ela antes de fechar a porta.

4 comentários:

Dari disse...

huahuahuahuahuahuhauhauhaa
a convivência naturaliza os fenômenos, eu já disse... ou você já disse, não lembro quem disse...
mas de vez em quando não há como não lembrar deles...

A Vilã disse...

huahuahuahuahuahuahua

Branquela, só posso rir.

O Lerdo disse...

huahuauhauhahuahuahuaahuhuahuauhahua e vc cisma em não acreditar!

huahuahuahuahuahuhuahuahuahahu (desculpe, não dá pra parar de rir)

Wagner disse...

hUaiohOIUAhOIAUhoIAUhO

Seu próprio pai... HUAoiHAoiuHAoiuHAoiUHAoiUHAoiUHAoi