quarta-feira, 23 de julho de 2008

♪ Abaixa o Som! ♪ (Parte 2a - Anos 90)

Já leu?
Introdução
Anos 80

Não se esqueça dos links, hein. Eles estão espalhados tanto nas figuras quanto no texto.


O bom senso foi barrado no baile

Parece até cara-de-pau da minha parte ("...não, Lerdinho, imagina...¬¬") retomar a série que tá abandonada desde fevereiro. Nem vou me dar ao trabalho de enumerar o inumerável, ou seja, os motivos que fizeram essa série tão promissora esperar cinco (!!!) meses por sua continuação. Então, vou combinar com meus amigos leitores: vamos fingir que estamos em fevereiro, no máximo, março. É uma tarde quente de verão, quando só pensamos em tomar um sorvetinho ou uma cerva (pra quem gosta), e eis que surge o post tão esperado. OK? Prossigamos, então.
Pra quem não acompanha o blog desde aqueles tempos remotos, antes podem dar um pulinho aqui e depois aqui.

Voltemos à lista das piores músicas das últimas décadas. Sobre os anos 80, eu só tinha testemunhos reais (minha mãe, por exemplo hehehe) e virtuais, o que eu me lembrava de ter visto nos programas de TV sobre a época e os resquícios que essa cultura deixou.

Agora eu me aventuro num terreno conhecido. Minha infância foi vivida nos anos 90 e, como todos sabem, nossas melhores memórias estão situadas na infância. Exceto a memória musical, é claro. Confesso que vivi o melhor do pior da música noventana (neologismo meu, perdão ^^). Por causa do meu conhecimento de causa, o post ficará enormemente grande e terá que ser dividido. Fiquem então com a primeira parte da segunda parte. Só quero lembrar que não é injustiça com os anos 80. Eu sei que foi muito pior que os 90, mas eu conheço muito pouco e não sou historiador pra fazer esse tipo de pesquisa (nem recebo pra isso hehehehe).

Aproveito também pra sinalizar uma mudança na condução desta "pesquisa". Confesso que me diverti muito fazendo o último post e que gostei bastante do resultado. Mas ficou parecendo que eu queria falar mais dos clipes do que do movimento musical. Claro que os clipes merecem todo destaque possível, já que sua qualidade compete de igual pra igual com as músicas. Mas a partir daqui vou falar mais de música/estilo/artista do que do vídeo. Sem abandonar os vídeos, claro.

Recomeçando...

A década de 80 levou consigo o comunismo, a hiperinflação, o Menudo e uma penca de bandas de rock brasileiras, que cairiam no ostracismo e retornariam com força nos anos 2000 para as chamadas festas Ploc. Mas se alguém esperava um refresco, a década de 90 se mostrou um desastre em termos musicais. Ainda bem que ninguém esperava um refresco.

O que o pessoal esperava mesmo era o Domingão do Faustão, programa favorito das famílias brasileiras, e que sempre trazia uma miríade de vídeocassetadas, pegadinhas e artistas promissores da música sertaneja. A fórmula é simples: pegue um par de matutos do interior de São Paulo ou Goiás, mude seus nomes - se um se chama Roberval e o outro Julicleison, ambos viram Tonhão & Tunico, pronto,- vista-os com ternos e chapéus de caubói e pronto, temos uma dupla sertaneja. Nem precisa ter aulas de canto, porque caipira já sabe cantar naturalmente, e sempre do mesmo jeito (um canta com voz aguda e sofrida, mesmo se a música for alegre e o outro canta falando, ou fala cantando). Veja só no vídeo logo abaixo.
Hoje o sertanejo não faz mais sucesso nenhum, só o Leonardo aparece no Faustão, mas eu acho que o apresentador faz isso de sacanagem com o público. E volta e meia aparece uma dupla repetindo a mesma fórmula de músicas com letras maliciosas cantadas num tom de velório. Não, não dá mais certo.

Repare no vídeo: Leandro e Leonardo - Paz na Cama

- Olhe o Fantástico de novo, dando aquele gás pra nossa música popular.
- Na destreza e, principalmente na alegria de ambos em frente às câmeras.
- Na produção: os fade-ins, os efeitos e, principalmente o casal protagonista


Esse vídeo me fez lembrar da época em que eu me vestia igual ao meu pai e o obrigava a imitar Leandro & Leonardo em frente À TV. Eu era o Leonardo, claro, e meu pai imitava o Leandro direitinho...

A gente percebe que as coisas não estão legais quando as modelos de comportamento de nossas crianças aparecem na TV em trajes sumários, no auge da adolescência falando com uma voz infantilmente sexy e, pior, quando elas resolvem cantar. Eu aceitei sofrer tentativa de assédio sexual pela pinta da Angélica na minha infância, aceitei que a Eliana falasse sobre o que faz com seus dedinhos e até mesmo aceitei que a Xuxa deixasse menininhos alisarem os peitos dela no começo de sua carreira. Mas não posso perdoar esse trio por detonar meus ouvidos e neurônios e não deixaria meus filhos sob a tutela dessas babás. Pra vocês terem uma idéia do que eu tô falando, sabe-se que hoje a Xuxa é uma mãe exemplar (cof, cof...), mas esconde um passado que, além de pedófilo, é satanista. E a Eliana, depois de tentar êxito no ramo do entretenimento adulto (não me interpretem mal, hein...) resolveu jogar tudo pro alto e mandar todo mundo ...

Dá uma olhada nesse: Angélica - Vou de Táxi
- A voz sexy
- As tomadas da câmera pelo seu corpo juvenil
- Se não fosse ridículo, seria excitante.
- O saxofonista
- Era pra ser infantil??? o.O
- MENÇÃO HONROSA: A ausência de um táxi (bela sacada do
Idiota)

Pois bem, termino insatisfeito este post, pois falei demais e dei informações de menos. Vou tentar me controlar mais na próxima, mas é muito difícil xD.
Não percam, pois ainda teremos, só nos anos 90.
- Pagode
- Axé
- Funk
- Boy Bands
- Pop
- ELE

Leia também
Anos 90b
Anos 90c

7 comentários:

Jujuzita disse...

uhauhuhauha
to rindo ate agora com o post...rs

pena q com net discada demoraria no minimo a noite td pra ver os videos.. mas assim q tiver oportunidade os verei pra comentar sobre...rs

e sobre o post.. mto bom..rs

jeff disse...

resumo seu post em uma palavra:

fastidioso

O Lerdo disse...

O idiota, em seu vocabulário vetusto, dissimula a mais terrível das aleivosias.

A Vilã disse...

Façamos como Jack e vamos por partes.

Entendemos a demora. E entenderemos também se demorar outro século.
Afinal, aulas chegando (pelo menos para mim).

Mais uma do seu passado sombrio hein Lerdo?
Você e seu pai imitavam Leandro & Leonardo? kkkkkkkkkkkk
E você o obrigava? kkkkkkkkkkkkkkk³³³³³³³³³
Essa eu queria ver...
Video--
> olhando clipes como esse eu penso: eis o fim de um estudante de cinema. Tadinho.
Vai me dizer que ele ficou feliz em por um casal de pegando numa cama em pleno trânsito?

Tsc tsc tsc...
Foram essas "'apresentadoras' infantis" que produziram as piriguetes de hoje.

De axé você entende né? hihihi
E quem será ELE? Pena que demorarei uma vida para descobrir. xD

Não ligue para o Idiota. Ele ficou chatedo porqeu você falou mal da Xuxa.

Aline Costa disse...

Acho que era por isso que não gostava de música na minha infancia... rs

A Pscicopata disse...

Como sempre o post está muito bom, valeu a espera.. Cada coisa nessa sua infancia sombria em Lerdinho!!!rsrsrsrs

jeff disse...

temos que reconhecer pelo menos um grande mérito no clip da angélica: não aparece um táxi!

o diretor fugiu do esperado... continuou fazendo merda, mas já é alguma coisa né?